segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Os locais imperdíveis da Região do Douro



A visita que lhe propomos hoje é sem dúvida das mais bonitas. O Douro é das zonas do país mais reconhecidas internacionalmente, quer pelas paisagens quer pela qualidade dos seus vinhos, onde se destaca o vinho do Porto. É a mais antiga Região Demarcada do mundo e as suas vinhas são um autêntico bálsamo para a alma, com paisagens magníficas, reconhecidas como Património Mundial da Humanidade, desde 2001. É uma região marcada pelos Invernos calmos que na transição do verão para o outono traz os ritmos frenéticos das vindimas com as suas encostas povoadas por trabalhadores.


Vamos caminhando até Amarante, uma cidade belíssima que provavelmente teve origem nos povos primitivos que habitaram a serra da Aboboreira, embora sem exatidão. Começou a adquirir importância com a chegada de São Gonçalo, vindo de terras vimaranenses, que ali se fixou depois de andar em peregrinação por Roma e por Jerusalém e deve-se a ele a construção da velha ponte sobre o Rio Tâmega.
A cidade tem muitos encantos que apelam a um passeio com passagem obrigatória pelo convento e igrejas de S.Gonçalo - mandado construir por D.João XVI no século XVI, sobre a capela junto à ponte sobre o Rio Tâmega, onde segundo a tradição São Gonçalo terá vivido e foi sepultado - S.Pedro e S.Domingos, o museu de Arte Sacra, o museu Amadeu de Souza-Cardoso ou a Biblioteca Albano Sardoeira. 

As festas e romarias mantêm o melhor da tradição popular, das quais se destacam as “Festas do Junho”, em honra de S. Gonçalo. A gastronomia também é de destacar, com suas iguarias apreciadas por todos, como vitela maronesa, o cabrito e o bacalhau, acompanhados pelo excelente vinho verde da região, sem deixar de destacar também a doçaria conventual, como os papos d’anjo, foguetes, lérias ou as brisas do Tâmega.

Foto: frans16611

Chegando a Peso da Régua, encontramos uma cidade cuja a sua provável origem deve-se a uma casa romana que aqui ali existiu, a "Villa Reguela", mas começou a adquirir importância e a desenvolver-se por volta de 1756 com a criação da Real Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro pelo Marques Pombal, que instituiu a 1ª região demarcada de produção vitivinícola a nível mundial. A partir daí, a Régua passou a ser o centro da região, de onde partiam e chegavam os barcos rabelo que transportavam o vinho até Vila Nova de Gaia onde iriam envelhecer nas caves.
A Régua cedo se desenvolveu devido ao comércio de vinho do Porto mas apenas passou a concelho após a época pombalina, no ano de 1836.
Hoje em dia, a cidade tem uma grande riqueza patrimonial onde se destacam as casas senhoriais, as grandes quintas produtoras de vinho e os palacetes, algumas dos quais encontram-se abertas ao público e valem a pena uma visita.

Foto: lele3100

O Douro é sem dúvida uma região incrível e cheia de locais maravilhosos. Ficou com vontade de desfrutar de uns dias naquelas paisagens? Entre em www.besttimetour.com/tour/city-breaks-douro-3-dias-portugal/ e descubra  este incrível tour.

Encontre outros tours em www.besttimetour.com


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...