Mostrar mensagens com a etiqueta Cascais. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Cascais. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 25 de julho de 2017

Quer conhecer Portugal?


Se está a planear viajar por Portugal e o seu desejo é conhecer os principais locais do país numa só viagem, a Best Time Tour tem a solução para si. Conte com transportes privados,Transferes, Tours, Roteiros/Circuitos e City Breaks de um a vários dias por todas as regiões de Portugal.

-->


A sudoeste da Europa, localizado na Península Ibérica, Portugal é um dos países mais antigos deste continente. Oferece-lhe uma cultura rica, repleta de uma diversidade de tradições com um forte orgulho no passado marítimo. Comparativamente com outros países, Portugal é um país de pequena dimensão mas cheio de paisagens fantásticas (montanhas verdejantes, planícies douradas, vales fluviais e praias).

Lisboa, a capital vibrante e cosmopolita que encanta os turistas. Nas proximidades, Cascais que nos brinda com maravilhosas praias e Sintra com as suas florestas e palácios. A norte o Porto, reconhecido como o melhor destino da Europa. Famoso pelo vinho do porto e pela região panorâmica do Douro.

Se um dos seus objectivos na sua visita a Portugal é o Sol e o Mar, descubra a região do Algarve a Sul. Esta região é lindíssima pela sua Costa, falésias e praias douradas. 


Fora do continente, ainda pode conhecer a Ilhas da Madeira e Açores. Um curto voo e encontra a encantadora Ilha da Madeira de uma beleza natural única bem como as suas florestas. Açores, a ilha ideal para relaxar, se procura alguma paz e tranquilidade, rodeado de paisagens de sonho, este é o seu destino.


--> Venha descobrir Portugal e tudo o que tem para lhe oferecer. Marque já o seu tour em Best Time Tour. Para mais informações sobre o Tours envie-nos um email para info@besttimetour.com

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Passeio a Cavalo | Sintra – Cascais


Conhecida como a Riviera portuguesa, Sintra e Cascais, são cidades perfeitas para passeios culturais e lazer, em família ou a dois. Dadas as suas características, tornam-se convidativas para passeios a cavalo. Mas antes de lá chegarmos, vamos passar por alguns dos pontos mais emblemáticos.




Visitar Sintra é como entrar num reino encantado mas que ao mesmo tempo se sente uma realidade moderna.


Exemplo disso é o NewsMuseum, o recém inaugurado museu dedicado à história da evolução das  notícias, dos media e da comunicação. Encontra-se situado nas mesmas instalações onde foi outrora o museu do brinquedo. Ao longo dos seus 3 andares pode-se ver mais de 25 módulos temáticos, onde são contados através de notícias, a história de Portugal e do Mundo. Tem disponíveis mais de 300 artigos jornalístico para consulta e cerca de 16 horas de informação, entretenimento e multimédia, numa abordagem interativa que possibilita aos visitantes ver e associar-se às estórias.

 
Foto: Leonardo Negrão /Global Imagens  


Construído ao longo dos tempos, o Palácio Nacional de Sintra que começou por ser um palácio mouro, foi adquirindo vários estilos arquitetónicos como o medieval, o gótico, o manuelino, o renascentismo e o romântico.







Situa-se mesmo no centro histórico da vila e conta a suas estórias ao longo das suas salas, como a Sala das Duas Irmãs, a Sala das Colunas, Sala dos Archeiro - onde anteriormente ficava a Guarda Real dos Archeiros - a Sala dos Cisnes – assim conhecida por causa da decoração do teto onde se podem contar vinte e sete cisnes - a Sala das Pêgas, a Sala das Sereias ou da Galé – sala onde o teto está pintado com a imagem de sereia e uma Galé – a Sala dos Brasões, a Sala Chinesa – onde se destaca um biombo chinês de seis folhas lacadas a negro e com decoração de vegetais, animais, pássaros e borboletas - a Sala Árabe – chamada assim devido à sua decoração que remonta às suas origens muçulmanas – e também o Quarto de D. Sebastião – onde se pode ver uma cama em ébano de grandes dimensões e ornamentada com pinturas sobre cobre.




O castelo de Cascais ou castelo dos mouros como é conhecido, ergue-se num dos cumes da serra de Sintra, esta fortificação foi construída por volta do século X depois da conquista muçulmana. Foi mandado erguer porque oferecia um ponto de vigia estratégico sobre o Rio Tejo e sobre a vila de Sintra.  
O passar dos anos não foram fáceis para o castelo, em 1636 um relâmpago causou um fogo que acabou por destruiu a torre central e em 1755, o famoso terramoto de Lisboa, derrubou as suas paredes e muralhas. O castelo tornava-se cada vez mais insignificante, até que o Rei Fernando II decidiu dar uma nova vida à região de Sintra e tornou possível que ainda hoje o pudéssemos visitar, sendo que ele é o local perfeito para admirar a paisagem sobre a vila, o Palácio de Sintra, o Palácio da Pena, a serra, além das vistas para planície e para o oceano Atlântico.




Foto: Lacobrigo


Chegando a Cascais o cenário não é tão romântico mas sim mais boémio com as suas praias de  dunas selvagens, excelentes para serem apreciadas num passeio a cavalo que passa também pela Quinta da Marinha.

Cascais, conhecida pelas suas belas ruas de comércio cheias de lojas e pelo seu cosmopolitismo, a vila, que nunca deixou de ser piscatória, de Cascais soube se adaptar aos tempos, transformando-se num refinado polo de cultura, com uma agitada vida noturna, ao mesmo tempo que se mantêm numa sofisticada estância à beira-mar e com o mesmo glamour de outros tempos, quando servia de retiro de Verão da monarquia portuguesa.

Dado a sua proximidade com o mar e ser um ponto estratégico para as defesas da cidade de Lisboa, muitos dos seus monumentos estão relacionados com a defesa e a navegação.
No seu centro histórico destaca-se o Largo de Camões, cheio de restaurantes de comida italiana, bares e pubs irlandeses. Logo ali ao lado a famosa rua direita que agora é denominada de rua Frederico Arouca, conhecida pelo seu comércio local e as variadas bancas de venda de artesanato e recordações. 





E nada como acabar este passeio pela zona, no Estoril. Começou por ser uma terra estéril e inóspita mas a visão de alguns fizeram dela o que hoje conhecemos. Os planos para fazer dela um centro turístico de ambições internacionais começaram em 1913, mas com o início da I guerra mundial foi necessário adiar.
A estrada marginal e um período de imensa construção deram o alento que o Estoril precisava para se tornar um centro turístico de primeira ordem, chegando a receber durante e depois da II Guerra Mundial um elevado número de refugiados e exilados.




Hoje, a região é considerada a Riviera portuguesa e tem como símbolo do seu grande crescimento o casino de Estoril, inaugurado em 1931 e é considerado o maior e mais antigo casino da Europa.




Curioso por conhecer a nossa Riviera a cavalo? Conheça o tour Sintra - Cascais em 
www.besttimetour.com/tour/tour-sintra-cascais-passeio-a-cavalo-portugal/

Conheça outros roteiros em www.besttimetour.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...