Mostrar mensagens com a etiqueta Cascais. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Cascais. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Passeio a Cavalo | Sintra – Cascais


Conhecida como a Riviera portuguesa, Sintra e Cascais, são cidades perfeitas para passeios culturais e lazer, em família ou a dois. Dadas as suas características, tornam-se convidativas para passeios a cavalo. Mas antes de lá chegarmos, vamos passar por alguns dos pontos mais emblemáticos.




Visitar Sintra é como entrar num reino encantado mas que ao mesmo tempo se sente uma realidade moderna.


Exemplo disso é o NewsMuseum, o recém inaugurado museu dedicado à história da evolução das  notícias, dos media e da comunicação. Encontra-se situado nas mesmas instalações onde foi outrora o museu do brinquedo. Ao longo dos seus 3 andares pode-se ver mais de 25 módulos temáticos, onde são contados através de notícias, a história de Portugal e do Mundo. Tem disponíveis mais de 300 artigos jornalístico para consulta e cerca de 16 horas de informação, entretenimento e multimédia, numa abordagem interativa que possibilita aos visitantes ver e associar-se às estórias.

 
Foto: Leonardo Negrão /Global Imagens  


Construído ao longo dos tempos, o Palácio Nacional de Sintra que começou por ser um palácio mouro, foi adquirindo vários estilos arquitetónicos como o medieval, o gótico, o manuelino, o renascentismo e o romântico.







Situa-se mesmo no centro histórico da vila e conta a suas estórias ao longo das suas salas, como a Sala das Duas Irmãs, a Sala das Colunas, Sala dos Archeiro - onde anteriormente ficava a Guarda Real dos Archeiros - a Sala dos Cisnes – assim conhecida por causa da decoração do teto onde se podem contar vinte e sete cisnes - a Sala das Pêgas, a Sala das Sereias ou da Galé – sala onde o teto está pintado com a imagem de sereia e uma Galé – a Sala dos Brasões, a Sala Chinesa – onde se destaca um biombo chinês de seis folhas lacadas a negro e com decoração de vegetais, animais, pássaros e borboletas - a Sala Árabe – chamada assim devido à sua decoração que remonta às suas origens muçulmanas – e também o Quarto de D. Sebastião – onde se pode ver uma cama em ébano de grandes dimensões e ornamentada com pinturas sobre cobre.




O castelo de Cascais ou castelo dos mouros como é conhecido, ergue-se num dos cumes da serra de Sintra, esta fortificação foi construída por volta do século X depois da conquista muçulmana. Foi mandado erguer porque oferecia um ponto de vigia estratégico sobre o Rio Tejo e sobre a vila de Sintra.  
O passar dos anos não foram fáceis para o castelo, em 1636 um relâmpago causou um fogo que acabou por destruiu a torre central e em 1755, o famoso terramoto de Lisboa, derrubou as suas paredes e muralhas. O castelo tornava-se cada vez mais insignificante, até que o Rei Fernando II decidiu dar uma nova vida à região de Sintra e tornou possível que ainda hoje o pudéssemos visitar, sendo que ele é o local perfeito para admirar a paisagem sobre a vila, o Palácio de Sintra, o Palácio da Pena, a serra, além das vistas para planície e para o oceano Atlântico.




Foto: Lacobrigo


Chegando a Cascais o cenário não é tão romântico mas sim mais boémio com as suas praias de  dunas selvagens, excelentes para serem apreciadas num passeio a cavalo que passa também pela Quinta da Marinha.

Cascais, conhecida pelas suas belas ruas de comércio cheias de lojas e pelo seu cosmopolitismo, a vila, que nunca deixou de ser piscatória, de Cascais soube se adaptar aos tempos, transformando-se num refinado polo de cultura, com uma agitada vida noturna, ao mesmo tempo que se mantêm numa sofisticada estância à beira-mar e com o mesmo glamour de outros tempos, quando servia de retiro de Verão da monarquia portuguesa.

Dado a sua proximidade com o mar e ser um ponto estratégico para as defesas da cidade de Lisboa, muitos dos seus monumentos estão relacionados com a defesa e a navegação.
No seu centro histórico destaca-se o Largo de Camões, cheio de restaurantes de comida italiana, bares e pubs irlandeses. Logo ali ao lado a famosa rua direita que agora é denominada de rua Frederico Arouca, conhecida pelo seu comércio local e as variadas bancas de venda de artesanato e recordações. 





E nada como acabar este passeio pela zona, no Estoril. Começou por ser uma terra estéril e inóspita mas a visão de alguns fizeram dela o que hoje conhecemos. Os planos para fazer dela um centro turístico de ambições internacionais começaram em 1913, mas com o início da I guerra mundial foi necessário adiar.
A estrada marginal e um período de imensa construção deram o alento que o Estoril precisava para se tornar um centro turístico de primeira ordem, chegando a receber durante e depois da II Guerra Mundial um elevado número de refugiados e exilados.




Hoje, a região é considerada a Riviera portuguesa e tem como símbolo do seu grande crescimento o casino de Estoril, inaugurado em 1931 e é considerado o maior e mais antigo casino da Europa.




Curioso por conhecer a nossa Riviera a cavalo? Conheça o tour Sintra - Cascais em 
www.besttimetour.com/tour/tour-sintra-cascais-passeio-a-cavalo-portugal/

Conheça outros roteiros em www.besttimetour.com

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Voe pelos encantos da costa oeste de Portugal

Hoje partimos à descoberta da costa oeste de Portugal, inesquecível pelas incríveis praias com condições únicas para o surf e clima ameno. Nesta região aproveite, ainda, para se deliciar com os segredos gastronómicos, em que lhe sugerimos, por exemplo, um peixe acabadinho de pescar na Ericeira.
E que tal começar a explorar a beleza dos areais do oeste numa visão aérea? O Aeroclube de Santa Cruz leva-nos até aos céus desta região, para durante cerca de 30 minutos, apreciar a beleza única das praias da costa oeste, banhadas pelo oceano Atlântico. 



A costa oeste é, também, rica em património cultural e histórico, graças a vilas como Óbidos. As suas ruelas estreitas parecem saídas de um verdadeiro conto de fadas. O seu castelo e os múltiplos eventos durante todo o ano, tais como a Vila Natal, Festival do Chocolate e o Mercado Medieval de Óbidos, detêm o cenário perfeito neste local.


Imperdível é, também, a prova da Ginginha de Óbidos, que fica perfeita num copo de chocolate.
De Óbidos para a Ericeira voltámos às paisagens com majestosas ondas que chamam milhares de surfistas anualmente até esta região e seguimos até Azenhas do Mar. A aldeia, tipicamente piscatória, tem as suas arribas esculpidas pelo oceano.


Continuamos pela costa até ao ponto mais ocidental do continente Europeu – o Cabo da Roca. Esta zona foi imortalizada na escrita pelas palavras de Luís Vaz de Camões como o local “onde a terra acaba e o mar começa”. 


Na costa oeste seguimos até Cascais, não esquecendo uma breve paragem para apreciar as dunas selvagens da praia do guincho.


Chegados à Riviera Portuguesa como Cascais é, muitas vezes, apelidada, o glamour está ilustrado nos iates de luxo estacionados na sua Marina.
De Cascais ao Estoril as paisagens charmosas são uma constante. Neste último destino, se se sentir com sorte, entre no mais antigo casino da Europa.


Já está rendido aos encantos da costa oeste de Portugal? 
Conheça o roteiro pela costa oeste, com voo aéreo incluído da Best Time Tour


E se preferir descobrir outros roteiros em Portugal e Espanha visite www.besttimetour.com.br


sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Os melhores campos de golfe em Portugal

Procura um destino de golfe com campos em cenários fascinantes, um clima ameno e uma hospitalidade e simpatia de excelentes profissionais? Então, Portugal é o destino ideal.


Das montanhas, às belas praias e ao sol presente quase todo o ano, Portugal tem fabulosos campos de golfe, incluídos entre os melhores do mundo, com cenários naturais verdadeiramente inspiradores.




Monte Rei Golf & Country Club, Algarve

Localizado entre magníficas montanhas da Serra do Caldeirão e o Oceano Atlântico, encontramos o campo de Golfe Monte Rei. Jack Nicklaus foi o escolhido para desenhar este campo e garantir os serviços e as superfícies de jogo da mais elevada qualidade.
Com buracos que são autênticas joias de design que se fundem na perfeição envolvidos por vários lagos, plantas e árvores, o Monte Rei Golfe & Country Club proporciona aos jogadores momentos inesquecíveis vividos num ambiente de golfe único e tranquilo.



Oitavos Dunes, Cascais

Situado no Parque Nacional de Sintra Cascais, perto da praia do Guincho, o campo de golfe Oitavos Dunes foi desenhado por um dos melhores arquitetos de golfe, o americano Arthur Hills. Inserido numa área de grande beleza natural, os 6.303 metros do campo de golfe foram desenhados de forma a preservar as caraterísticas únicas do terreno.



Troia Golf, Tróia

Situado entre a Serra da Arrábida e o Estuário do Sado, o campo Troia Golfe de 6.317 metros, estende-se ao longo da praia com vistas magnificas. O norte-americano Robert Trent Jones Senior foi o arquiteto escolhido para desenhar este campo de golf, que em 2011 foi eleito como um dos melhores campos de golfe do mundo pela Rolex.



San Lorenzo, Algarve

Situado no Triângulo Dourado do Algarve, no canto sudoeste da Quinta do Lago, o campo San Lorenzo é especial por ter alguns buracos de rara beleza, principalmente os que estão perto da Reserva Natural da Ria Formosa. Este campo permite ao jogador desfrutar das bonitas paisagens e observar uma grande variedade de animais, entre os quais aves aquáticas e migratórias.



Praia D’El Rey, Óbidos

Desenhado pelo reconhecido arquiteto norte-americano Cabell B. Robinson, o campo de golfe do Praia D´EL Rey é um dos mais espetaculares campos de golfe da Europa. Situado numa localização única, entre dunas e pinhais, este campo oferece espetaculares vistas sobre o Atlântico e o Arquipélago das Berlengas.




Se procura um local para colocar à prova as suas aptidões no golfe, planeie umas férias inesquecíveis em Portugal com a Best Time Tour. Conheça todos os nossos tours ou crie um ao seu gosto em www.besttimetour.com.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...