Mostrar mensagens com a etiqueta Guimarães. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Guimarães. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Locais a visitar na região Minho de Portugal


O Minho é sem dúvida uma das regiões mais belas do nosso país. Rica em paisagens naturais preenchidas pelo verde dos campos e das vinhas, pelos campos de milho, pelas aldeias em granito, ao que se junta a hospitalidade das gentes minhotas, a riqueza gastronómica e as suas festas e tradições.
Região orgulhosa das suas riquezas, o Homem teve o cuidado de a modernizar respeitando a natureza e biodiversidade, mantendo as tradições e os ensinamentos ancestrais.
Mas o Minho não vive só de património natural, o Património Cultural e Edificado, dá também à região características únicas e especiais onde se destacam os castelos e as Fortalezas que testemunham as histórias do nosso país.
Apesar de ser uma região pequena, cada cidade ou vila tem uma história para contar e muitas tradições e costumes para mostrar. Hoje vamos-lhe contar um bocadinho das histórias de 3 maravilhosas cidades.

Barcelos foi desde cedo habitada por vários povos e podemos encontrar vestígios disso em várias zonas da cidade. Logo em 1928, Barcelos foi elevada a categoria de cidade.



Sendo uma cidade próxima de grandes centros, conseguiu afirma-se como um dos concelhos mais empregadores na indústria de transformação. Tornou-se um importante Pólo têxtil e fez deste um das principais fontes de empregabilidade, dando emprego a quase metade da população ativa mas também o calçado, a agricultura, a cerâmica e o turismo tenham um papel importante no concelho.





Uma das histórias mais importantes da cidade é sem dúvida a do Galo de Barcelos, o que fez dele um símbolo nacional. A lenda conta-nos que os barcelenses andavam agitados com um crime que tinha acontecido na cidade, do qual ainda não se tinha encontrado o culpado. Um dia, apareceu um galego que se tornou logo suspeito e por isso as autoridades decidiram prendê-lo, apesar dele jurar inocência e que apenas estava de passagem em peregrinação a Santiago de Compostela. Isso não lhe valeu e o homem foi condenado à forca. O galego pediu que o levassem à presença do juiz e concederam-lhe o pedido. Levado até à casa do magistrado que se encontrava a banquetear com alguns amigos, o galego voltou a jurar inocência e, perante a incredulidade dos presentes, apontou para um galo assado que estava sobre a mesa e exclamou:
- "É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem."
O juiz ignorou o apelo, mas quando o peregrino estava a ser enforcado, o galo assado ergueu-se na mesa e cantou. Compreendendo o seu erro, o juiz correu para a forca e descobriu que o galego se salvara graças a um nó mal feito. O homem foi imediatamente solto e mandado em paz.




Alguns anos mais tarde, o galego terá voltado a Barcelos para esculpir o Monumento do Senhor do Galo em louvor à Virgem Maria e a Santiago Maior, monumento que se encontra no Museu Arqueológico de Barcelos.

Guimarães é uma cidade cheia de histórias e teve sempre um papel determinante na história de Portugal. A sua história começa quando ainda era Vimaranes - esta toponímia deverá ter origem em Vímara Peres, que nos meados do século IX, fez deste local o principal centro governativo do condado Portucalense que tinha conquistado para o Reino de Galiza – quando ali se travou a Batalha de São Mamede em 24 de Junho de 1128, e que ficou marcado pelo início da nacionalidade, sendo até hoje conhecida como "Cidade Berço".




A cidade soube ao longo dos tempos manter a sua importância fiel às suas origens e por isso 2001 o seu centro histórico foi considerado Património Cultural da Humanidade, tornando-a definitivamente um dos maiores centros turísticos da região, o que deu um impulso para que o património fosse sempre conservado enquanto a cidade se ia modernizando, resultado disso foi a nomeação para Capital Europeia da Cultura em 2012, o que levou também com que Guimarães fosse eleita pelo New York Times como um dos 41 locais a visitar em 2011 e a considerá-la um ponto cultural emergente na Península Ibérica.






A história milenar de Braga inicia-se na Roma Antiga, quando foi fundada em 16 a.C. como Bracara Augusta em homenagem ao imperador romano Augusto. Foi capital da Galécia, atual Galiza, e uma das principais vias romanas da Península Ibérica, pois era sede administrativa do Império, chegou a rivalizar com Santiago de Compostela pelo poder e importância. Lá passava um dos Caminhos de Santiago, quando o culto cristão começou a ter maior expressão, com a reconquista cristã e a fundação de Portugal. 




Após conquistas, o rei de Leão, D. Afonso IV doou-a como dote a sua filha D. Teresa, aquando do seu casamento com o Conde D. Henrique de Borgonha.




A longo da história e consoante os momentos que ia vivendo, foi ficando conhecida por várias designações como a "Cidade dos Arcebispos", durante séculos o seu Arcebispo foi o mais importante na Península Ibérica e era detentor do título de Primaz das Espanhas, ou a cidade da Juventude, que embora seja a cidade mais antiga de Portugal é uma preenchida por muita população jovem, chegando a ser distinguida como a cidade mais jovem da Europa.



O Minho é uma região única, cheia de vida, óptima para fins-de-semana prolongados em família ou para desfrutar num passeio a dois. Ficou com vontade de conhecer o Minho? Entre em  www.besttimetour.com/tour/tours-braga-guimaraes-portugal e saiba mais sobre este tour.

Conheça outros tours em www.besttimetour.com


sexta-feira, 8 de abril de 2016

Roteiro Rota Cristã em 3 dias

A herança Cristã na Península Ibérica é fértil. Encontrámos vestígios da sua presença em monumentos, cultos e locais emblemáticos que transbordam religiosidade. Com a maioria desta população com raízes cristãs, esta rota é, sem dúvida, uma das mais exploradas.  


1º dia

Partindo da capital Lisboa, Óbidos é a primeira paragem obrigatória para explorar a rota cristã em Portugal. Por entre ruelas estreitas e monumentos medievais, a cidade está repleta de detalhes que ilustram a convergência de influências cristãs, judaicas e mouras.  
A igreja matriz de Óbidos – Igreja de Santa Maria - é um dos tesouros cristãos da região, onde, segundo data a história, havia existido uma mesquita, antes da conquista da cidade por D. Afonso Henriques.



Rumando a Norte, Fátima, onde aconteceram as aparições de Nossa Senhora aos três pastorinhos, é considerada a capital religiosa de Portugal. Este local acolhe milhões de peregrinos todos os anos.


A Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, situada numa das extremidades do Santuário, é um edifício imponente com mais de 70 metros de comprimento. Por sua vez, a Capelinha das Aparições é denominada como o “coração do Santuário de Fátima”, sendo indicado como o local onde ocorreram as aparições.
Aconselhamos a terminar o primeiro dia de descoberta da rota cristã no Porto, segunda maior cidade de Portugal, com visita a monumentos como a Sé do Porto, uma das obras mais majestosas em território nacional.


2º dia

Menos de 3 horas de caminho separam o Porto de Santiago de Compostela. A cidade no norte de Espanha possui uma vasta herança religiosa, sendo os seus caminhos, espalhados por toda a Europa, percorridos por milhares de peregrinos em cada ano. 
A Basílica de Santiago de Compostela marca o fim destes caminhos e possui, no seu interior, um botafumeiro com 1,60 metros de altura e 80 quilos de peso.


De um dos principais centros de peregrinação do mundo cristão, sugerimos o regresso a terras lusas, para terminar o segundo dia por Braga. 


3º dia

O último dia de rota pela herança cristã na Península Ibérica leva-nos a percorrer as ruas do centro histórico de Braga, onde se situa a mais antiga Catedral de Portugal, bem como diversas igrejas e locais de culto. Já ouviu falar do Santuário do Bom Jesus do Monte?


Da capital da religiosidade rumamos até ao Berço de Portugal. Guimarães, tem o seu centro histórico protegido como património mundial da UNESCO desde 2001. As raízes medievais têm acompanhado a evolução até aos nossos tempos, sendo de apreciar o detalhe com que as igrejas e monumentos da cidade têm vindo a ser restaurados.



Coimbra, a cidade dos estudantes, é a última sugestão desta rota de três dias pelos tesouros cristãos de Portugal e Espanha.



Gostaria de conhecer mais sobre a herança cristã em Portugal? 
Aceda a Best Time Tour e consulte o roteiro em Portugal da Rota Cristã em 3 dias


Para descobrir outros roteiros em Portugal e Espanha visite www.besttimetour.com


sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Uma viagem pelo centro e norte de Portugal em 3 Dias

Portugal é detentor de uma diversidade de paisagens e um património cultural único, que fazem dele um destino perfeito para visitar em qualquer altura do ano. De norte a sul são vários os locais para conhecer e encantar-se e hoje falamos especialmente do centro e norte de Portugal. Uma viagem de três dias que promete-mos ser repleta de locais incríveis.  




Lisboa 
O Tejo e o Sol, quase sempre presentes, fazem da capital portuguesa um espelho de cor em que a beleza e os contrastes arquitectónicos não passam despercebidos.




Fátima 
Tem um dos maiores centros de peregrinação à Virgem Maria do mundo católico, o famoso Santuário de Fátima atrai 6 milhões de peregrinos todos os anos. Visite a Basílica de Nossa Senhora e a Capelinha das Aparições.




Batalha
Cidade que alberga o Mosteiro Dominicano de Santa Maria da Vitória obra prima da arquitectura gótica, património mundial da UNESCO. 


Porto
É a segunda maior cidade de Portugal. À beira-rio torna-se fascinante com as suas ruelas, casas típicas e população pitoresca. A cidade do Porto oferece muitas atracções, monumentos e museus com uma gastronomia bem conhecida e população hospitaleira.





Braga 
É um dos principais centros religiosos de Portugal, onde predomina fortemente o Barroco. Descubra os seus principais locais de culto, o seu centro histórico, as suas paisagens verdejantes e delicie-se com os sabores típicos da região.


Guimarães 
Cidade considerada a cidade berço de Portugal, Guimarães oferece aos seus visitantes um magnífico centro histórico classificado Património Mundial pela UNESCO (2001). Conheça os cantos da cidade Capital Europeia da Cultura de 2012, onde é possível apreciar a evolução de uma cidade de origem medieval, que mantém a sua autenticidade na actualidade.




Aveiro 
Carinhosamente conhecida como A Veneza Portuguesa é cortada por ruas aquáticas onde deslizam os coloridos barcos moliceiros, os que lhe confere um carácter específico. 
Quem ouve falar na cidade de Aveiro, associa-a de imediato ao seu ex-líbris gastronómico – os Ovos Moles herança da tradição conventual aveirense.




Coimbra 
De ruas estreitas, pátios, escadinhas e arcos medievais, Coimbra banhada pelo rio Mondego foi berço de nascimento de seis reis de Portugal e da Primeira Dinastia, assim como da primeira Universidade do País e uma das mais antigas da Mundo sendo que o primeiro registo como universidade acontece em 1290. Coimbra é terra de estudante mas mais que isso, é uma terra de tradições onde se cruzam o passado e o futuro que tem mais encanto na hora da despedida.





Nazaré 
De ruas estreitas, meter conversa com a ''mulher das sete saias'', comer um peixe fresco e subir aos miradouros da Pederneira e do Sítio para depois descer até à Praia pelo elevador centenário. Longe vão os tempos em que não existia praia por causa da insistência do mar em avançar terra dentro. Por isso, até ao século XVI, os nazarenos viviam na Pederneira e no Sítio locais que conjuntamente com a Praia constituem a Nazaré.




Óbidos 
É a encantadora vila medieval cercada pelas imponentes muralhas do século XIV que perfazem um castelo muito bem conservado. Percorra as suas muralhas e paisagens de pequenas ruelas e igrejas, saboreie a famosa Ginjinha de Óbidos.

Fique a saber mais sobre este nosso roteiro pelo centro e norte em 3 diasReserve o seu tour em Portugal com a Best Time Tour.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Tour pela região Minho de Portugal

Hoje vamos mostrar-lhe Braga e Guimarães, duas cidades da região do Minho de Portugal. Nestas duas belas cidades vai encontrar locais pitorescos de muita história, uma gastronomia típica e costumes e cultura de uma população cheia de personalidade.


Outrora cidade de romanos e mais tarde "cidade dos arcebispos", Braga é um dos principais centros religiosos de Portugal, onde predomina fortemente o Barroco.
Descubra os seus principais locais de culto, o seu centro histórico, as suas paisagens verdejantes e delicie-se com os sabores típicos da região.

Santuário do Bom Jesus
 




Sé de Braga


Arco da Porta Nova


Santuário do Sameiro



Centro histórico de Braga




Considerada a cidade berço de Portugal, Guimarães oferece aos seus visitantes um magnífico centro histórico classificado Património Mundial pela UNESCO (2001). Conheça os cantos da cidade Capital Europeia da Cultura de 2012, onde é possível apreciar a evolução de uma cidade de origem medieval, que mantém a sua autenticidade na atualidade.

Castelo de Guimarães






Capela de São Miguel



Palácio dos Duques






Centro histórico de Guimarães



Venha visitar estas duas cidades maravilhosas. Conheça o nosso Tour de Braga e Guimarães e reserve-o com a Best Time Tour.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...