terça-feira, 26 de abril de 2016

Conheça o 1º vinho de água português que anda a conquistar o mundo

O Alqueva é o armazém, desde outubro de 2015, de garrafas de vinho que até junho de 2017 serão submersas nestas águas, dando origem ao primeiro vinho de água português. As garrafas amadurecidas 8 meses em barrica estão a ser colocadas debaixo de água pelo menos mais 8 meses. A comercialização deste vinho começou dia 16 de abril e já tem suscitado a curiosidade de diversos mercados externos.
A ideia, inspirada na qualidade dos vinhos provenientes de barcos naufragados, teve origem no Alentejo, no produtor vitivinícola Ervideira. Este é denominado o “Conde de Ervideira Vinho da Água”.

Foto: Nuno Veiga / Lusa

Neste primeiro ano estão a ser lançadas 32 mil garrafas do vinho topo de gama do produtor Alentejano – o Conde D’Ervideira Reserva Tinto 2014 – que vão sendo submersas nas imediações da Amieira Marina, perto de Évora.
As garrafas têm vindo a ser progressivamente acondicionadas, seladas e lacradas e estão  a uma profundidade de 30 metros. Segundo os responsáveis pela produtora vitivinícola, a água permite que o vinho esteja num estágio que não é possível atingir em cave, visto que neste meio não há variação de temperatura, nem de luminosidade. À imprensa nacional o enólogo Nelson Rolo, da produtora Ervideira, salienta a “maturação muito nobre, exuberante e redonda em termos de taninos”.


Até ao momento, foram já retiradas cerca de 12 mil garrafas do primeiro vinho de água português e segundo afirmou a produtora Alentejana, no dia do lançamento oficial do vinho, “o processo está aprovado. O vinho está mais aromático, com uma cor mais violácea e não tem oxidação nenhuma”.
Este é mais um projeto nacional de elevado potencial de inovação que atesta a qualidade única dos vinhos portugueses.



Quer conhecer a região Alentejana? Visite a Best Time Tour e aprecie connosco um dos nossos Tours pela região.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...